A tradicional luta de almofadas, da academia militar de West Point, nos EUA, acabou com mais de cinquenta feridos, noticia o “New York Times”.

Usada como uma maneira para os estudantes do primeiro ano desanuviarem da pressão de um verão de recruta, a batalha foi tudo menos suave.

No final da “luta”, ocorrida a 20 de agosto, trinta dos alunos tiveram de receber assistência médica, por causa de narizes partidos, ombros deslocados, e até uma micro fratura de um maxilar superior.
 
Os motivos para todas estas situações foram que muitas almofadas eram feitas de tudo menos de penas.