Uma mulher, do estado de New Hampshire, nos Estados Unidos, foi presa por posse de droga e, depois de ser libertada, voltou à esquadra para exigir que a droga lhe fosse devolvida, conta a Associated Press.

As autoridades recusaram-se a devolver-lhe a substância, o que originou uma discussão, tendo Emily Morin sido presa novamente.

Emily, de 26 anos e natural da cidade de Concord, foi presa, pela primeira vez, na terça-feira, por posse de buprenorfina, uma substância altamente aditiva, que pode ser usada para o tratamento da dependência de heroína.

Depois de ser libertada, regressou à esquadra, na quarta-feira, a exigir que lhe devolvessem a droga que tinha sido apreendida.

Irritada por os agentes recusarem fazê-lo, Emily dirigiu-se para o parque de estacionamento, entrou no carro e começou a conduzir. O problema é que a jovem tinha ficado sem carta de condução, consequência dos crimes anteriores. Por isso, um dos agentes ordenou-lhe que parasse.

Emily não obedeceu e, depois de uma pequena luta, acabou por ser presa pela segunda vez. Agora, está acusada de conduzir sem carta de condução, de resistência à prisão, incumprimento da fiança e posse de droga.