Uma mulher espanhola recebeu uma multa no valor de 800 euros, depois de ter publicado no Facebook uma foto que mostrava um carro da polícia estacionado num lugar para deficientes. A lesada não pode apresentar queixa, porque esta multa está prevista na nova legislação.

“Estacionem onde raio quiserem e não vão ser multados”, podia ler-se na legenda da fotografia que a espanhola deixou na sua página do Facebook.


Em menos de 48 horas de ter publicado a imagem na Internet, as autoridades localizaram a mulher, na província de Alicante, e exigiram-lhe que pagasse uma multa no valor de 800 euros.

A medida foi tomada ao abrigo da chamada "Lei da Mordaça", implantada no dia 1 de julho, em Espanha. A nova legislação prevê a punição de qualquer imagem de agentes da polícia que “ponha em causa a segurança dos seus familiares, instalações protegidas ou operações policiais”.

Segundo o The Guardian, quando questionada sobre o perigo que a foto representava, a polícia local respondeu apenas que estava a pôr a sua honra em causa.

De acordo com o porta-voz da entidade policial, os agentes tiveram de estacionar no lugar reservado porque foram chamados a intervir num caso de vandalismo naquela área e não havia outro sítio para estacionar.

Desde dia 1 de julho que a lei proíbe também manifestações perto do parlamento ou do senado, com penalizações que podem chegar aos 600.000 euros.

Quanto à salvaguarda da polícia, a legislação prevê multas que podem ir dos 600 aos 30.000 euros, o que já mereceu uma condenação da Amnistia Internacional, que considerou importante a vigilância das autoridades para evitar abusos de poder.