Dois homens foram retirados com segurança de um cume em Dumfries, na Escócia, depois de o caminho debaixo deles ter desabado. Um helicóptero da Marinha Real, de Prestwick, resgatou os homens pouco antes do meio-dia de domingo passado.

Os homens tinham estado a caminhar ao longo de um percurso bem trilhado quando este se desintegrou a seus pés. Um deles escorregou por uma íngreme ladeira, mas conseguiu agarra-se ao cajado de um pastor, que o seu amigo estava a agarrar sentado no topo da encosta. Ficaram assim durante 45 minutos.

O alarme foi dado às 11:00 e o helicóptero, que estava a realizar um voo de treino, chegou ao local às 11:50. O comandante, Jon Green, disse que a tripulação foi virar o helicóptero para uma posição  mais próxima possível dos dois homens.

«Tivemos de nos aproximar o mais próximo possível, para podermos salvá-los», contou Jon Green. «Por sabermos que o terreno era instável e que um deles estava a agarrar o outro com um cajado, tivemos de nos manter o mais alto possível para evitar que as hélices causassem o desabamento do solo».

«Descemos o cabo e conseguiu-se agarrar o mais pequeno dos dois homens, antes de o trazer para o helicóptero. O mesmo procedimento foi repetido para o amigo», acrescentou.

Foram levados para uma quinta nas redondezas. Os homens conseguiram sair ilesos, mas disseram estarem abalados com o sucedido.

Os homens eram experientes e estavam bem equipados.