O diagnóstico feito a uma mulher indiana, de 51 anos, que sofria de dores intensas no estômago e refluxo ácido, surpreendeu os próprios médicos: Minati Mondal tinha 11.950 pedras na vesícula, um verdadeiro recorde. 

"Fiquei espantado ao ver o elevado número de pedras que extraímos da vesícula biliar desta paciente. Nunca imaginara que uma vesícula biliar poderia ter tantas pedras”, afirmou Makhan Lala Saha, um cirurgião do hospital em que a mulher foi operada, citado pelo jornal Daily Mail. 


Para perceber o que estava a causar dores no estômago e o desconforto, Minati Mondal realizou vários exames no Hospital Debdoot Sevayan, na Índia. O diagnóstico revelou que tinha pequenas pedras na vesícula, formadas de colesterol e sais.

A mulher foi, então, submetida a uma cirurgia e os médicos retiraram 11.950 pedras da vesícula, o que acreditam ser um recorde mundial.

"Sinto que este número pode substituir o recorde passado, já que o número atual é três vezes maior do que aquele recorde", disse o médico.


Minati Mondal já recebeu alta hospitalar e está a recuperar em casa.