Quando chegar à convenção republicana, em julho, o candidato presidencial norte-americano, Donald Trump, terá um comité de boas-vindas fora do comum. O fotógrafo Spencer Tunick está a recrutar mulheres para que posem nuas junto ao local da convenção, em Cleveland.

Quando teve a ideia de fazer um trabalho na convenção republicana, há três anos, o fotógrafo estava longe de imaginar a ascensão do magnata nas primárias, mas quando Donald Trump acusou Hillary Clinton de "jogar a cartada de ser mulher" e as sondagens recentes mostraram que 70% das mulheres tinham uma impressão negativa de Trump, o trabalho idealizado por Tunick ganhou ainda mais sentido. Desta vez, os homens não são convidados. Spencer Tunick só quer mulheres nuas. E as mulheres republicanas também estão convidadas a participar.

“Não podia imaginar que haveria uma atenção tão grande para a dinâmica homens versus mulheres em Cleveland”, disse o fotógrafo à revista T&C.

 

O fotógrafo explicou também por que razão as mulheres vão estar a segurar espelhos.  

Os espelhos querem dizer que somos um reflexo de nós mesmos e do mundo que nos rodeia”.

A atenção da polícia em redor deste evento também é algo que não preocupa o fotógrafo, já habituado à polémica sobre os seus trabalhos, dentro e fora dos Estados Unidos, e pelos quais já foi detido algumas vezes. Mas, o artista ironiza, afirmando que se a polícia aparecer, também pode posar para a fotografia.