Um sem-abrigo foi recompensado com 650 euros depois de ter encontrado um envelope com dinheiro na rua, há seis meses, avança a «Time».

James Brady, de 59 anos, que vivia num abrigo, entregou o dinheiro à polícia de Nova Jersey, em abril passado. Mas o dinheiro não foi reclamado e por isso mesmo as autoridades devolveram o dinheiro ao sem-abrigo.

«Mesmo não tendo casa, pensei que existem pessoas que podem viver pior», afirmou Brady, acrescentando que «tinha a voz da minha mãe na cabeça: "não é seu"».

Brady tornou-se sem-abrigo depois dos ataques terroristas de 11 de setembro. Fotojornalista, James Brady preparava-se para iniciar carreira como analista de mercados no World Trade Center, mas à última hora cancelou a entrevista. O acidente levou o sem-abrigo a uma depressão severa, o que resultou em desemprego e ao esvaziamento da sua conta bancária durante 10 anos, até que foi despejado.

Em julho, Brady começou a receber o voucher «Housing Authority» para pagar um apartamento de um quarto, onde vive atualmente. Com o dinheiro que recebeu, o ex-sem-abrigo está ansioso para comprar um tapete para a sua banheira, entre outras coisas.