Uma jovem de 18 anos decidiu processar os pais por estes se terem recusado a pagar a universidade, depois de uma discussão acesa, avança o «The Telegraph».

Rachel Canning, de Nova Jersey, está em tribunal a lutar por dinheiro, não só para a faculdade, mas também as propinas da matrícula do último semestre da escola secundária.

O antigo chefe da polícia, Sean Canning, e a mulher, Elizabeth, explicaram que a filha saiu voluntariamente de casa porque não queria respeitar algumas regras da casa, como: o respeito, o toque de recolher, participar na lida da casa e terminar o seu relacionamento com o namorado, que segundo os pais é uma má influência.

Para já, a estudante perdeu a sua primeira ação judicial. O juiz do tribunal de família negou o pedido de Canning, para que os seus pais suportassem, temporariamente, as suas despesas.