Quando Zoe Smith, de 19 anos, saiu de casa para ir passear de carro, no passado fim de semana, não queria acreditar no que estava a ver. Mesmo ao lado da casa, na localidade de Walters Ash, em Inglaterra, estava uma cratera com 4,5 metros de diâmetro e nove de profundidade. Tinha engolido o seu pequeno Volkswagen Lupo, escreve o «Daily Mail».

O carro não foi recuperado, dada a profundidade do buraco e a instabilidade do terreno. As autoridades retiraram a família da casa e vão encher o buraco com 300 toneladas de cimento, antes de autorizarem o seu regresso.

A família garante que não ouviu qualquer barulho durante a noite. Phil Conran, padastro da jovem, garante que nunca perceberam qualquer abatimento da terra.