As autoridades britânicas apreenderam, no início do mês de março, um drone que acreditam ter sido utilizado numa tentativa de contrabandear drogas e outros objetos proibidos para o interior de uma prisão de alta segurança em Bedford.

O dispositivo não tripulado ficou preso no arame farpado depois de ter chocado contra o muro da prisão. Na altura em que foi recuperado, a sua carga era composta por drogas, vários telemóveis, uma faca e uma chave de parafusos.

Em declarações ao site «Russia Today», fonte policial avançou que «tanto o dispositivo como o seu conteúdo estão a ser examinados neste momento» e adiantou ainda que foi lançada uma investigação, em colaboração com os serviços prisionais, para determinar a identidade do operador do dispositivo.

O drone em questão é um modelo Phantom 2, que pode custar mais de 1200€ e é normalmente utilizado na realização de filmagens aéreas.