Uma britânica de 28 anos, anónima, já foi a exame de código 110 vezes. E ainda não foi desta que passou. De acordo com o jornal «Daily Mail», ela já gastou 3 410 libras (4 260 euros) com a carta de condução, mas não desiste.

O jornal divulga, este domingo, uma lista que mostra os recordes na aprendizagem da condução. Desta candidata a condutora pouco se sabe. Apenas que tem 28 anos e reside em Southwark, sudeste de Londres.

No Reino Unido, o exame de código é constituído por questões de escolha múltipla e uma prova de perceção de risco. Tem uma taxa nacional de aprovação de 65,4%.

O «Daily Mail» fez as contas e calcula que a mulher tenha tentado fazer o exame 10 vezes por ano nos últimos 10 anos. Isto se tiver iniciado a aprendizagem teórica da condução aos 17 anos.

Esta mulher é, de facto, uma recordista e está à frente na lista dos persistentes com larga vantagem. Mas é seguida por um homem de 30 anos, de Peterborough, que já fez o exame de condução 86 vezes... e ainda não tem carta. Um candidato a condutor de 41 anos e residente em Birmingham passou na sua 80ª tentativa.