A polícia australiana intercetou um carro e encontrou uma criança de sete anos ao volante, com o pai embriagado ao lado, no estado de Queensland.

Os faróis apagados chamaram a atenção do carro-patrulha. A criança seguia viagem com o seu próprio pai, que se encontrava no banco do passageiro por não se encontrar em condições para conduzir.

O homem, de 41 anos, foi submetido a um teste de álcool e acusado criminalmente, informa a «Sky News».



«As crianças com esta idade não têm as capacidades físicas para conduzir um carro com segurança», afirmou fonte policial.