Emma Watson voltou a dar que falar, este domingo, na passadeira vermelha dos Óscares, por causa da luta contra o assédio sexual em Hollywood. Além do vestido negro, que já se tornou símbolo do movimento Time's Up, a atriz, uma das pioneiras da luta, ostentou uma tatuagem temporária no braço com as palavras "Times Up". 

A atriz de Harry Potter, de 27 anos, pisou a passadeira vermelha na festa da Vanity Fair de ontem à noite, e usou um vestido preto sem mangas exibindo a tatuagem em apoio ao movimento de Hollywood contra o assédio sexual.

Apesar da tatuagem representar o movimento Time 's Up, foi notória a falta do apóstrofo entre o "E" e o "S" no slogan transcrito no antebraço de Emma, o que provocou diversas reações na rede social, twitter.

Muitos internautas criticaram Emma pelo erro gramatical, enquanto outros elogiaram a sua atitude.