Três crianças e três adultos foram hospitalizados com uma intoxicação alimentar, em Vicenza, Itália, depois de beberem chocolate quente cuja data de validade tinha expirado há 25 anos.

A avó de duas das crianças terá sido a responsável pelo acidente. A mulher de 77 anos, o marido e o filho terão sido as outras vítimas.

Todos acabaram hospitalizados, e só mais tarde se aperceberam que a intoxicação poderia ter sido causada pelo chocolate em pó que adicionaram ao leite.

Segundo o jornal «Il Giornale di Vicenza», a avó das crianças verificou a data de validade depois de regressarem do hospital e as suspeitas confirmaram-se: o chocolate tinha expirado a 5 de junho de 1990.

O marido da idosa, conhecida como Sra. Rosetta, foi o primeiro a sentir os efeitos, má disposição e diarreia, antes de todos terem de recorrer ao hospital.

Uma das crianças, que tinham idades entre os oito e os 12 anos, terá ficado hospitalizada durante três semanas.

Ainda segundo o «Il Giornale di Vicenza», o produto tinha sido comprado «uns anos antes», isto é, nos anos 80, e ficado esquecido no fundo de um armário.

O procurador da cidade italiana está a considerar apresentar queixa contra a idosa.