Um homem de 45 anos, natural da província de Zhejiang, na China, descobriu que era, afinal, uma mulher, quando procurou um médico depois de sentir fortes dores de barriga.

Segundo o «Daily Mail», Chen, o seu último nome não foi divulgado, começou por sentir fortes dores no abdómen e alguns dias mais tarde notou que havia sangue na sua urina. Decidiu ir ao hospital e, depois de vários exames, os médicos descobriram que o sangue era na verdade a sua primeira menstruação.

Apesar de Chen ter um órgão sexual masculino, uma ecografia revelou que também possui um útero e ovários. Uma verdadeira surpresa para o chinês que garante ter uma vida sexual normal com a sua esposa há mais dez anos.

Exames complementares revelaram que Chen tem dois cromossomas XX, ou seja, é geneticamente uma mulher. O homem sofre de uma doença genética apelidada de «Síndrome do macho XX» (também chamado de síndrome de Chapelle), que permite o desenvolvimento de algumas características masculinas mesmo quando não existe nenhum cromossoma Y.

A doença tem tratamento, mas só em pessoas mais jovens, no caso de Chen, não há nada a fazer.