Um jovem de 19 anos assumiu o comando de um Cessna 150 por mais de meia hora depois de o piloto ter desmaiado durante um voo local na Austrália, no sábado.

Em dez minutos, Troy Jenkins viu-se ao comando do pequeno avião, que tinha descolado de uma quinta na Nova Gales do Sul, segundo o Standard Digital.

A uma altitude de 610 metros, o jovem ficou fazendo círculos sobre o aeroporto da cidade de Forbes até que o Derek Neville, de 61 anos, acordou.

«Mantê-lo no ar não foi um problema, era a parte de pousar que me assustava. E eu estava bastante assustado. Pensei que tinha de me salvar e salvar o piloto. Foi uma grande experiência», contou Troy, que andava a aprender a voar sob a supervisão de Neville.

A aterragem acabou por ser a dois e ocorreu de forma segura.