A inglesa Carol Stone, de 64 anos, pode muito bem dizer que foi salva por um email. Isto porque a reformada tinha acabado de sair da cozinha para enviar um email quando um carro entrou, literalmente, dentro de sua casa, em Walsall, Inglaterra.

As imagens captadas no local mostram o aparato do incidente.



O alerta foi dado por um vizinho, que ouviu os gritos de Carol. O marido, Alan Stone, de 65 anos, não estava em casa quando tudo aconteceu, mas contou a um jornal local a sorte que Carol tinha tido.

«Não consigo acreditar. Nunca vi nada como isto. A minha mulher disse que esteve na cozinha apenas 30 segundos antes, a preparar chá. Pôs algo no frigorífico e saiu para enviar um email quando ocorreu o acidente», afirmou ao «Birmingham Mail».


O automóvel do casal, estacionado junto à porta de casa, também ficou visivelmente danificado.

Apesar do estado de choque provocado pelo incidente, esta não é a primeira vez que algo do género acontece com os Stones, nesta mesma casa. Há 15 anos, tiveram mesmo de construir um muro à volta da habitação, depois de um automóvel ter provocado um incidente semelhante. Um muro que também foi destruído desta vez.

«Quando viemos para esta casa construímos este muro porque um carro fez a mesma coisa e colidiu com a casa. Havia uma árvore grande no jardim que, na altura, evitava um impacto maior.»


Quanto aos ocupantes do veículo em causa, o porta-voz das autoridades informou que se trata de um homem de 20 anos e de uma rapariga de 17.

«Queixavam-se do pescoço, das costas e de alguns ferimentos na cabeça. As equipas de socorro assistiram quer os ocupantes quer a senhora da casa. Ouvimos relatos de que poderia haver uma fuga de óleo e por isso tomámos medidas de precaução, mas isso acabou por não se verificar.»


Agora, os Stones estão alojados temporariamente noutro local e esperam pela avaliação dos estragos provocados.