Um condutor bateu o recorde de velocidade alguma vez captada pelas autoridades em Espanha e o vídeo foi agora divulgado.

No dia 25 de setembro, por volta das 18:00 (hora local), numa autoestrada completamente vazia, em Ocaña, na província de Toledo, um condutor, com um Porsche de matrícula americana, decidiu testar os limites e foi apanhado por um helicóptero da Direção Geral de Tráfego a conduzir a 242 quilómetros por hora.

O vídeo do momento foi divulgado pelas autoridades, nas redes sociais, para consciencializar os condutores para os perigos do excesso de velocidade e para as consequências que isso pode acarretar.

Depois da infração ter sido captada, uma patrulha da Guardia Civil intercetou o carro, alguns quilómetros à frente, e o condutor acabou por ser detido.

Acusado de um crime contra a segurança rodoviária, o cidadão americano teve que pagar uma multa de 600 euros.

Além disso, ficou sem carta de condução e, quando for presente a julgamento, pode mesmo ser condenado a uma pena de prisão de três a seis meses, em função dos seus antecedentes criminais. Contudo, segundo a ABC, o condutor já se encontra nos Estados Unidos, desde o dia seguinte a ter cometido a infração.