É grande, dá para ver. A cadela, mas também a sua língua. Foi esta que lhe valeu o recorde do Guinness, quebrado há poucos dias. A língua mede 18,58 centímetros. 

Mochi é uma São Bernardo, vive com os seus donos há seis anos e meio na Dakota do Sul, nos Estados Unidos. Eles gostam mais de chamá-la de Mo.

O anterior recorde pertencia a um cão de 11,43 cm, pelo que foi largamente ultrapassado por esta cadela de oito anos.

A dona diz que o prémio faz com que toda a baba que tem de limpar valha a pena. Com humor, Carla Rickert disse à organização do livro dos recordes que, quando Mo não se está a babar, está certamente a comer manteiga de amendoim ou a lamber o próprio focinho,

Ela trouxe muita alegria à nossa vida. É muito engraçada”

Mochi entrou na vida desta família através de uma associação de resgate de animais de grande porte, no Colorado. Agora, podemos dizer, é uma figura pública.