Maggie, uma cadela de raça pastor australiano que teve uma ninhada pouco antes de ser adotada, deu entrada no Barker’s Pet Motel, em Alberta, no Canadá, quando os donos foram de férias e tornou-se na protagonista de uma história que está a emocionar o país.

De acordo com o jornal britânico The Telegraph, no canil do hotel para animais, a cadela fugiu da cela durante a noite ao ouvir o choro desesperado de cachorrinhos. Numa outra cela, Maggie encontrou duas crias órfãs, com duas semanas de vida. Deitou-se junto às grades e, de vez em quando, tentava confortar os cachorros com a pata.

 

 

Sandra Aldred, a proprietária do hotel, viu (como é hábito) as imagens da videovigilância, através de uma aplicação no telemóvel, e percebeu logo que havia algo errado. A mulher foi encontrar Maggie junto dos cachorros, de nome Hannah e Kari.

“Ela decidiu que ia ficar com os bebés até nós chegarmos”, contou Sandra Aldred à CBC News.

“Veio buscar-me à porta [do canil], muito contente, e levou-me até à cela, como se dissesse ‘ eu tenho mesmo de conhecer estes bebés’”, acrescentou.

“Ficaram todos contentes por estarem juntos. A Maggie tratou as crias muito bem e elas brincaram com a nova mãe. As bebés precisavam dela e ela precisava delas, foi perfeito”, concluiu Sandra Aldred.