Bob Erb e a mulher estavam em Saskatchewan, no Canadá, e pararam no restaurante Old West Express para jantar. Souberam que a filha do dono tinha cancro e decidiram dar uma gorjeta composta.

O casal conheceu o dono do estabelecimento, Clifford Luther, conversaram e souberam que, horas antes, a menina tinha sido diagnosticada com cancro.

Erb revelou ao «Yahoo! News» que disse ao homem que passou pelo mesmo com o seu filho de 26 anos e por isso compreendia o sentimento.

Três dias depois, Erb e a mulher voltaram ao restaurante para jantar. O homem, cita o site, explicou que não teve oportunidade de passar numa caixa multibanco e perguntou se podia pagar com cheque. O dono não aceitou e disse que oferecia o jantar.

O casal rejeitou esta hipótese, pagou a refeição e deixou um cheque com a quantia de cerca de 7.300 milhões de euros para ajudar a criança.