O Jardim Zoológico Internacional do Cairo, no Egito, foi acusado de pintar um burro para este se fazer passar por uma zebra. Os turistas e residentes locais eram "atraídos" para irem ver uma zebra, mas na verdade, o animal era um burro. 

A denúncia foi feita por Mahmoud Sarhan, que visitou o parque e estranhou a aparência do animal. Como o jovem explicou, numa publicação partilhada no Facebook, no sábado, a tinta preta estava a derreter no focinho do burro e as orelhas não pareciam ter o tamanho certo para uma zebra.

A fotografia no Facebook rapidamente se tornou viral nas redes sociais. 

Na foto, Mahmoud está a posar ao lado do animal, onde se pode ler: "Percebes que a estupidez chegou ao país quando pintam um burro para parecer uma zebra."

O diretor do jardim zoológico, Mohammed Sultan, veio negar as acusações. 

A zebra é real e não pintada", disse o diretor ao canal de notícias egípcio Youm 7, citado pela CNN.

Em declarações ao mesmo canal, Mohammed acrescentou que os animais são bem cuidados e inspecionados regularmente no parque para garantir o seu bem-estar.

Mas depois de rever a imagem, um líder do grupo ativista animal PETA, Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, discordou.  

Nenhuma instalação respeitável de animais submeteria um animal nervoso como um burro ao stress de ser pulverizado com produtos químicos como a tinta, o que poderia causar uma dolorosa reação alérgica.", disse a vice-presidente da PETA, Delcianna Winders, à CNN

A organização espera ainda que as autoridades do Cairo estejam já a investigar o caso.

Esta não é a primeira vez que um jardim zoológico tenta enganar os visitantes. Em 2013, um zoológico na China tentou passar cão por leão.