O cão é o melhor amigo do Homem. Capaz de criar ligações fortes com os humanos, o cão sente também necessidades. Os horários de trabalho ou uma mudança na rotina pode levá-lo a passar menos tempo com o seu cão, e ele vai estranhar isso.

Segundo um relatório da PSDA, uma organização não-governamental de apoio aos donos que não tenham condições financeiras para pagar cuidados veterinários, no Reino Unido, 2,3 milhões de cães são constantemente mantidos em casa, sozinhos durante mais de cinco horas.

Os cães são animais sociais por natureza e precisam de interagir para gastar a sua energia. Se estas necessidades não estiverem satisfeitas, o melhor amigo do Homem pode vir a sofrer de doenças psicológicas que vão mudar o seu comportamento.

Andar em círculos, roer objetos, fazer as necessidades onde não é costume ou mesmo até a automutilação é uma forma de o seu cão dizer que está deprimido, segundo avisa o relatório.

28% dos donos entrevistados acreditam que é aceitável deixar um animal sozinho mais de cinco horas, mas o comportamento do cão pode dizer o contrário.

“Sós e frustrados, os cães podem ser mais propícios a serem indesejados em casa. Mais de 50% dos veterinários no Reino Unido diz ter notado um aumento no recurso à morte por eutanásia nos cães, devido a problemas comportamentais”, informou Vicki Larkham-Jones, veterinária da PSDA, ao Daily Mail.

Levar o seu cão a passear em sítios diferentes ou sentar-se no chão ao lado dele pode deixá-lo mais entusiasmado e  fazê-lo sentir que tem um amigo para brincar.