No passado domingo, uma jovem brasileira, de 20 anos de idade, saiu de casa, a pé, para ir comprar cigarros e foi assaltada por dois homens numa moto. Os criminosos mandaram-na virar de costas, cortaram-lhe o cabelo, com uma tesoura, e levaram-no. O caso invulgar aconteceu na cidade de Porto Alegre, no estado brasileiro do Rio Grande do Sul, escreve o G1.

«Não sei se vou conseguir andar sozinha na rua de novo. Não vou esquecer o trauma. Quando me pediram para virar de costas, achei que me iam esfaquear», conta a jovem, que pediu para não ser identificada ao G1.

A jovem recorda que quando foi abordada pelos homens a anunciar que «era um assalto», ficou com medo porque não tinha nada para lhes dar. Não tinha o telemóvel e só levava consigo o valor certo para o tabaco. «Tirei os ténis e dei-lhes», afirma. Depois de se virar de costas, como os assaltantes pediram, em poucos segundos ficou sem os seus longos cabelos loiros.

A jovem confessa que sempre gostou de ter o cabelo comprido e sempre teve muito cuidado com ele. Triste, foi ao cabeleireiro, «corrigir» o que os criminosos fizeram. «Está horrível», desabafa.

Indignada, a jovem partilhou os seus sentimentos nas redes sociais e alega que o que lhe aconteceu «não foi uma futilidade». «É uma parte de mim que tiraram. É algo importante para mim e para outras mulheres. Alguma coisa tem de ser feita. Eu mereço respeito», defende.

Até ao momento, segundo avança o G1, não foi feita qualquer detenção. As próprias autoridades reconhecem que este tipo de crime «não é comum na região».