E se de repente um pedaço do que pensava ser alface se mexesse no seu prato? Isso é... uma rã, que não só foi salva de morte certa como ainda sobreviveu para a sua dona contar a história.

Aconteceu em Corona, na Califórnia, Estados Unidos, quando Becky Garfinkel se preparava para jantar. Ela que é vegetariana e gosta de produtos biológicos com "tripla lavagem" (é o que está escrito na embalagem) sempre poupava na água com uma salada já pronta. O que ela não esperava é que a salada tivesse vida própria.

Uma vida que estava a caminho da condenação. A mulher tinha já comido mais de metade da salada quando viu algo a mexer-se. Gritou, segundo o seu relato aos jornais norte-americanos, vomitou e depois de ultrapassado o choque decidiu salvar o animal. Ou melhor, o marido salvou, fazendo-lhe pressão sobre o peito para que voltasse a respirar. Isso mesmo que está a visualizar, mas só com um dedo.

A rã salvou-se e a mulher decidiu que tinha de ficar com ela. Afinal, até tinha em casa um aquário onde em tempos viveu um lagarto. E chamou-lhe "Lucky", sorte em português.