A Miss América em título pediu à escola secundária de Central York, na Pensilvânia, EUA, para reconsiderar a decisão de suspender um aluno que a convidou para o baile de finalistas.

Nina Davuluri participava numa conferência sobre a importância da ciência, da tecnologia, da engenharia e da matemática quando o jovem Patrick Farves, de 18 anos, levantou-se, fez o pedido e dirigiu-se em seguida ao palco para entregar uma flor de plástico à rainha de beleza norte-americana.

Apesar da sua irreverência e dos aplausos da plateia, a escola, que soube previamente da sua intenção e tinha-o avisado para não avançar com o pedido, não gostou do que viu e decidiu castigar o aluno com uma suspensão de três dias.

Em declarações à «WPMT-TV», o rapaz admitiu que não resistiu a convidar a Miss. «Ela apenas sorriu e eu entreguei-lhe uma pequena flor que tinha», contou.

Devuluri, além de pedir à escola para reconsiderar a suspensão de Patrick, afirmou ainda que só não poderá ir ao baile por questões de agenda.