Algas, leite, chocolate, e até vinho. Na busca pela diferenciação, os "spas" de todo o mundo recorrem aos mais variados produtos para atrair novos clientes para os seus tratamentos corporais. 

Mesmo assim, há sempre espaço para uma novidade absoluta. Tanto quanto é possível apurar, o Centro de Saúde Naftalan, em Baku, a capital do Azerbeijão, é o primeiro e único a oferecer banhos de crude - ou seja, petróleo na sua forma natural.

Os responsáveis pelo "spa" asseguram que esta prática remonta ao século VI e tem efeitos medicinais bem comprovados. Hashim Hashimov, médico do centro, diz que o petróleo "mata tudo: vírus, bactérias e fungos. A sua consistência é única e pura, não tem qualquer sujidade". Por isso, garante ele, pode curar 70 problemas de saúde diferentes, incluindo a impotência.

É claro que nem toda a gente concorda com os supostos efeitos medicinais do crude. A substância tem pelo menos um elemento carcinogénico, mas nem por isso deixa de haver procura para os banhos. Um cliente australiano desvalorizou o risco desta forma:

"Calculo que não seja um banho de dez minutos que me vá matar".

Outro dado a ter em consideração para os potenciais interessados é a higiene. Apesar de o Azerbeijão ter enormes reservas petrolíferas, o Centro Naftalan usa o mesmo petróleo para todos os banhos, limitando-se a repor as quantidades que vão sendo perdidas pelo uso.