Obra da sorte ou mão de Deus, a verdade é que o avião do presidente sérvio Tomislav Nikolic se ia despenhando nos céus quando viajava para Roma, em Itália, para um encontro com o Papa Francisco.

O incidente ocorreu no passado dia 17 de abril, mas só esta terça-feira é que veio a público, depois do copiloto ter sido suspenso.

O copiloto do Falcon presidencial derramou acidentalmente café nos comandos do avião. Pior a emenda, quando tentou limpar a trapalhada, gerou uma confusão ainda maior. Desligou o piloto automático do aparelho, que terá começado a perder altitude, levando o presidente e a sua comitiva a andaram literalmente aos trambolhões no interior, até o comandante recuperar o controlo do avião, como descreve a BBC.

Refeitos do susto, o avião voltou a Belgrado e o copiloto foi alvo de um processo disciplinar quando conseguiram ter os pés bem assentes na terra.