Segundo contaram testemunhas à polícia local, o incidente aconteceu esta sexta-feira, por volta das duas da tarde, tendo o homem conduzido o avião desde «uma ponta à outra» da cidade para chegar ao Hotel Newman e «beber uma». Quando a polícia chegou ao local encontrou o pequeno avião estacionado no parque de estacionamento do hotel, e o homem dentro do bar.

 

O australiano não causou qualquer acidente, mas a polícia considera que poderia ter colocado a população em risco, especialmente as crianças que estavam a sair da escola àquela hora.

«O perigo foi, obviamente, ter conduzido um avião de brincar pelas ruas de Newman, se tivermos em conta que as crianças estão a sair da escola. É uma sexta-feira agitada. Eu sei que estamos em Newman, mas temos algum trânsito», disse o Sargento local Mark Garner à ABC.

A pequena avioneta, cujas asas foram removidas, foi alterada para poder ser conduzida a pedais, como se de uma gaivota se tratasse. O insólito foi interpretado pelos locais como uma partida de «Halloween», e os empregados do Hotel descrevem o homem como uma «lenda» neste género de brincadeiras. Já a polícia diz que é apenas mais uma «aventura» da «personagem» local.

«Ele é uma das nossas personagens locais. Preciso de verificar qual o crime cometido, dada a sua invulgaridade», continuou o sargento. «[Mas] foi algo bastante estúpido de se fazer. Bastava um pouco de vento... porque sem as asas [o avião] não é estável. As pessoas pensam que é motivo de risos, mas foi perigoso e não estamos nada satisfeitos».

O homem vai ser presente a tribunal no próximo dia 18.