Um aviador que sobreviveu a quatro quedas de avião durante a Segunda Guerra Mundial celebra esta quarta-feira 70 anos de casamento.

Jim Stafford, de 96 anos, refere que era o desejo de voltar a casa para junto de Betty, com 95 anos, que o mantinha vivo durante todas aquelas perigosas missões por onde passou, escreve o «Daily Mail». Stafford, de Felixstowe, Suffolk, na Inglaterra, diz que «nem toda a gente pode dizer que passou por tudo isto nas suas vidas».

O homem começou como subtenente em 1940, meses depois de a guerra ter rebentado, em setembro de 1939. Durante o conflito, sobreviveu a quatro despenhamentos de aviões desde o Médio Oriente à África do Sul. Contudo, em nenhuma das quedas ficou ferido com gravidade.

O homem era empregado da Royal Air Force, em Kent, quando conheceu a mulher em 1942. Betty diz que quando se conheceram, ambos gostaram logo do que viram.

Casaram-se em 1943 quando o aviador conseguiu persuadir os superiores a concederem-lhe duas semanas livres. Agora, comemoram os 70 anos de casamento com dois filhos, seis netos e um bisneto.