Um australiano decidiu nadar até ao topo de uma baleia morta em alto mar, quando o corpo do animal estava a ser cercado por um grupo de tubarões. O incidente aconteceu na tarde de sábado e chocou algumas testemunhas no local.

Harrison Williams, surfista e amante de desportos radicais de uma localidade próxima de Perth, estava num barco quando terá avistado a baleia. Decidiu saltar para a água e nadar até ao corpo do animal, ignorando o perigo da aproximação dos tubarões, porque achava que o animal ainda estava vivo.

«A baleia parecia estar aflita e fui tentar ajudá-la. Mas claramente cheguei tarde demais», disse Williams ao «Daily Mail Australia».



Apesar das boas intenções de Williams, o comportamento do australiano não escapou às críticas. Para o diretor do Departamento de Pescas da região, Tony Cappelluti, o jovem foi irresponsável.

«Os tubarões estavam a alimentar-se da carcaça da baleia quando ele foi lá. Este tipo de comportamento é arriscado poderia ter tido consequências graves», justificou.

Segundo testemunhas no local, a baleia está a flutuar no mar entre Rottnest e Fremantle há várias semanas.