Três oficiais dos Serviços de Proteção da Austrália salvaram uma mulher embriagada de ser atropelada por um comboio. A gravação do incidente foi tornada pública pela Polícia de Victoria. Para preservar a identidade da mulher, a data e o local do acontecimento não foram revelados. 

O condutor do comboio ainda carregou no botão da travagem de emergência, mas não conseguiu parar a tempo. Quando se aperceberam do que estava prestes a acontecer, os oficiais correram ao auxílio da mulher que estava visivelmente alcoolizada.

Steven Goldman, agente da Polícia de Victoria, na Austrália, estava na plataforma com os seus dois colegas quando reparou na mulher, a cambalear pela linha do comboio.

“Eu estava a ir em direção a ela e pensei que ela iria ser atingida. Sabia que tínhamos de tirá-la de lá. Corremos em direção à linha do comboio e tirámo-la de lá pelos braços, mesmo três segundos antes de o comboio passar”, contou Goldman.

"Estava simplesmente a ser estúpida e queria passar para o outro lado", explicou a mulher aos oficiais. 

Os três homens – Goldman, Mitchell e Jackson – foram reconhecidos com o louvor, por parte da Polícia de Victoria, pelo ato heroico. Contudo, ainda não receberam qualquer agradecimento da mulher que salvaram.

Apesar de terem arriscado a própria vida para salvar outra, não se consideram heróis.

“Estávamos só a fazer o nosso trabalho”, disse Mitchell.

A mulher vai ainda sofrer acusações por ter caminhado na via-férrea.