Como um azar nunca vem só, o funcionário que abastecia o ATM do Bank of America, em Corpus Christi, no estado norte-americano do Texas, deixou ficar o seu telemóvel dentro da carrinha. E depois, acabou por ficar preso dentro do caixa automático, mais de duas horas.

Durante esse período, muitos clientes continuaram a fazer os habituais levantamentos, consultas, transferências, com o funcionário lá dentro a gritar para que o libertassem.

É verdade que ouvíamos uma vozinha vinda de dentro da máquina, por isso todos pensávamos que era uma brincadeira. Só podia ser brincadeira", contou o agente da polícia local, Richard Olden, de seu nome.

A sorte do funcionário, no meio de tanto azar - e indiferença ou surdez - acabou por ser o facto de ter consigo papel e esferográfica. A solução que o libertou foi um bilhetinho que conseguiu fazer passar pela ranhura onde, por regra, saem as notas de dólar.

Ajudem-me! Estou preso aqui dentro e não tenho o meu telefone. Por favor liguem para o meu patrão", dizia o bilhete, que levou a polícia, finalmente, a dar um pontapé na porta e a constatar que o funcionário estava mesmo fechado dentro do caixa automático.

Toda a gente está bem. Mas nunca se verá algo assim em toda uma vida, com alguém preso num ATM. É simplesmente uma loucura", comentou por fim o agente da polícia à cadeia de televisão local KRIS 6 News.