O pânico tomou ontem conta das ruas de Meerut. Um leopardo foi avistado pela primeira vez num armazém na cidade onde atacou e feriu um homem que entrou no local.

O felino conseguiu ainda invadir uma zona comercial e um hospital militar. Uma equipa de especialistas em vida selvagem foi de imediato contactada para capturar o animal, revela a BBC.

Depois de ter sido trancado numa sala do hospital durante algumas horas, o leopardo conseguiu escapar por uma janela. Encontra-se ainda em parte incerta pelo que, como medida de prevenção, as escolas estão hoje encerradas.

«Decidimos fechar as escolas da cidade porque ainda não localizámos o leopardo e não queremos correr riscos», explicou Pankaj Yadav, um magistrado local, à BBC.

O «Hindustan Times» adianta que os ataques do animal feriram, pelo menos, sete pessoas, seis das quais sem gravidade. Um dos feridos é uma mulher, que pertence ao destacamento policial que tentava capturar o leopardo.

A destruição do habitat natural destas espécies tem aumentado os seus ataques às populações. Em janeiro deste ano um tigre fêmea matou nove homens na cidade indiana de Bijnor.