O rapaz australiano que teria entre seis e oito anos, encontrava-se na bancada de uma exposição de aves no Alice Springs Desert Park quando foi atacado por uma águia. A mãe, que acompanhava o rapaz, estava distraída no momento em que o filho ia sendo "caçado" pela ave de rapina. O incidente foi registado na última quinta-feira. 

Alguns espectadores presentes no local contaram à BBC que a águia tentou levantar o rapaz, puxando-o pela cabeça, como se se tratasse de um "pequeno animal". Entre eles, Christine O'Connell e o marido, que também estavam no parque e que conseguiram captar o momento.

Segundo o que foi indicado por O'Connell à BBC, a águia voou em direção ao rapaz durante cerca de 15 metros.

Um sujeito que estava sentado perto do rapaz disse que ele não parava de subir e descer o fecho do casaco", contou a testemunha que acreditava que aquele som tinha atraído a ave.

Keenan Lucas, outro visitante do parque, afirmou à NT News que "o staff encarou muito bem a situação, foram calmos e recolheram a ave após o acontecimento".

Depois do ataque feito por uma das aves da exposição, o Alice Springs Desert Park prestou uma declaração à NT News onde disse que o rapaz tinha sofrido apenas ferimentos ligeiros e que a águia será retirada da exposição até que se descubra qual o verdadeiro motivo do ataque.