Uma mercearia em Cornish, Maine, aderiu ao Facebook quando um homem saiu da loja sem pagar. O objetivo era que os fãs ajudassem a encontrar o suspeito através de uma gravação na loja em troca de recompensa.

Com pouca informação acerca do ladrão, o sócio da loja, Mark Call, pensou que o caso relatado à polícia, provavelmente, seria deixado por resolver. Assim, decidiu fazer uma publicação no Facebook a apelar a ajuda dos clientes para encontrar o homem, refere o «Yahoo! News».

Numa hora o homem recebeu cerca de trinta chamadas com informações. Três horas depois o ladrão foi à loja identificar-se, pedindo que apagassem a publicação na rede social.