Uma criança de dois anos, do Arizona, foi o herói do dia, depois da mãe ter sido mordida por um cão.

A mãe, Laura Toone tinha saído para passear o cão, quando de repente, outro canino a atacou. Para tentar separá-los Laura acabou por ser mordida e ficar sem uma grande parte de um dedo.

«Eu pedi às minhas filhas de quatro anos para ligarem para o 112, mas elas tiveram medo de tocar no telemóvel porque estava coberto de sangue», disse a mãe.

«Foi aqui que entrou o meu filho, que veio da cozinha e me trouxe o pano da loiça e ligou a um amigo meu através do Facetime», acrescentou.

O filho, Bentley, é conhecido pelas suas partidas através da aplicação «Facetime», e por vezes alguns dos amigos de Laura, como Connie, ignoram a chamada, ao contrário desta vez porque «alguma coisa por dentro me dizia que precisava de responder a esta chamada», disse Connie.

«A única coisa que conseguia ver era a pequena testa de Bentley, e disse-lhe olá, mas depois ouvi Laura gritar», explicou o amigo.

Depois de ouvir os gritos da mulher, Connie ligou de imediato para o 112.

Quando os bombeiros chegaram o herói do dia, Bentley, abriu-lhes a porta.