adquirida este ano pelo Facebook

«Ninguém está a afirmar que o WhatsApp é o motivo dos divórcios. A causa é a infidelidade, mas o WhatsApp é a maneira mais comum da outra pessoa descobrir que está a ser traída», explicou Gian Ettore Gassani, presidente da Associação de Advogados, ao Global Post.