Uma ilha remota do sul do Japão chamada Aoshima não tem mais de 20 habitantes, mas está povoada de gatos vadios. De acordo com a Agência Reuters, há cerca de seis gatos para cada humano.
 
Os gatos foram originalmente introduzidos na ilha para travar a praga de ratos que estava a dar cabo dos barcos e dos artigos de pesca dos habitantes da ilha. Os gatos foram ficando e multiplicaram-se.


 
Agora, Aoshima tem mais de 120 gatos e apenas 20 humanos, quase todos reformados que não se deixaram levar pela onda de emigração que afetou a ilha após a II Grande Guerra.
 
A ilha, separada por apenas 30 minutos da costa japonesa, através de uma viagem de ferry, já teve quase mil habitantes, em 1945. Agora é uma autêntica atração turística por causa dos gatos.