Um homem encontrou um anel de diamantes, avaliado entre 71 e 113 mil euros, e decidiu lançar uma campanha no Facebook para encontrar o proprietário da joia. Andy, com 31 anos, encontrou o anel na manhã de domingo, em Earl’s Court, na Inglaterra, quando passava na zona com uns amigos.

Andy conta ao jornal MailOnline que já perdeu várias vezes o telemóvel e, portanto, não pensou duas vezes antes de lançar um apelo online para encontrar  o proprietário do anel de diamantes.  Assim, no dia seguinte à descoberta, decidiu fazer um apelo no Facebook e, poucas horas depois, descobriu que o anel pertencia a uma senhora idosa.

"É um final de conto de fadas e mostra as coisas boas que os media podem fazer. Sinto que fiz a minha boa ação do ano", afirmou Andy.

​Para provar que a joia pertencia de facto à idosa, uma equipa especializada e um joalheiro de Londres verificaram registros de seguro do anel.

Apesar do brilho das pedras do anel, Andy admite que não sabia qual era o valor da joia. Um amigo de Andy assegurou-lhe que era um anel de noivado ou de casamento porque estava literalmente coberto de diamantes.

De acordo com Sheard, do Gemological Institute Of America, os diamantes apontam para cerca de dois quilates.