Um adolescente holandesa ficou em maus lençóis, depois de uma ameaça de bomba à American Airlines, através do Twitter. A jovem afirma que tudo não foi uma brincadeira de mau gosto, que uma amiga usou o seu Twitter e que não tinha qualquer intenção de ameaçar fosse quem fosse, mas não houve piedade.

«Olá. O meu nome é Ibrahim e sou do Afeganistão. Faço parte da AlQaeda e dia 1 de junho vou fazer algo realmente grande. Adeus». Esta foi a mensagem publicada, no domingo, no Twitter da American Airlines, através do utilizador @QueenDemetriax_ begged.

Em poucos minutos, a jovem recebeu milhares de seguidores, mas também uma mensagem da companhia aérea a pôr os pontos nos is: «Sarah, levamos este tipo de ameaças muito a sério. O seu endereço de IP e restantes dados serão encaminhados para o FBI».

A adolescente entrou em pânico, explicou à American Airlines que tinha apenas 14 anos e que era holandesa e não afegã. Através de tweets na página da American Airlines, enveredou pelo sentido do humor: «Porque razão rebentaria eu com um avião. Tenho o meu próprio avião». Mas não obteve mais respostas da companhia.

Então, assegurou que estava a brincar e que não tinha sido ela a autora do post original: «Foi uma amiga minha. Deviam levar o IP dela e não o meu».

«Sempre quis ser famosa. Mas como a Demi Lovato, não como o Osama bin Laden», escreveu ela ainda no Twitter, de acordo com o «Daily Mail».

A conta de Twitter de Sarah foi entretanto suspensa e os tweets na página da American Airlines apagados.