Maxamillian e April moram em Wisconsin, nos Estados Unidos. Em junho deste ano, concretizaram um sonho antigo: foram pais. A pequena Rosalia nasceu depois de uma gravidez e de um parto muito difíceis.

A mãe, April Neubauer, chegou mesmo a pensar que não ia conseguir ter esta criança, tendo em conta o síndrome dos ovários policísticos de que sofria e os distúrbios hormonais que a gravidez só veio agravar. Engravidar foi complicado, manter a gravidez ainda mais e, depois de nove meses, o parto foi um pesadelo. 

A tensão arterial de April subiu e mulher sofreu várias convulsões. Rosalia só nasceu depois de uma cesariana complicada. 

Por causa das complicações durante o parto, April teve de ser levada para os cuidados intensivos e não teve logo a oportunidade de conhecer a filha. Isso impediu-a de amamentar Rosalia.

Por isso, e quando menos se esperava, o pai conseguiu atuar, literalmente, como uma mãe, na tarefa que ele nunca pensou fazer. De acordo com a CBS, a enfermeira Cybil Martin-Dennehy avisou Maxamillian que teria que usar leite de substituição para alimentar a filha. Mas a surpresa não estava aí.

Era importante a bebé não perder o instinto de sucção no peito, para quando a mãe estivesse apta a amamentá-la o pudesse fazer, sem que a menina rejeitasse. E o pai poderia encarregar-se desta tarefa. 

A enfermeira perguntou-me se por acaso gostava de colocar um mamilo e fazer eu a amamentação. E disse 'estou já sem t-shirt e gosto de experimentar coisas novas'. Toda a gente que ali estava ficou bastante entusiasmada.", contou à CBS. 

 

A enfermeira colocou então um mamilo de plástico a Maxamillian, ligado a uma seringa, por onde passou o leite para a recém-nascida. 

Nunca tinha amamentado e nunca pensei fazê-lo. Fui o primeiro a amamentar a minha bebé." 

Normalmente este dispositivo é usado para mães que adotam ou que, por qualquer razão, não conseguem amamentar. 

O pai que "foi mãe" admitiu ter sentido logo uma ligação com a filha assim que a viu. E espera ter ajudado Rosalia a habituar-se à amamentação. 

Maxamillian acabou por partilhar fotografias do momento que se estão a tornar virais no Facebook. 

Enquanto que alguns utilizadores elogiam o ato, outros entram mesmo na brincadeira. Num dos comentários pode ler-se: "Mesmo em baixo da tatuagem que diz 'mãe'... estava destinado." 

Outros comentários elogiam enfermeira em ter dado esta opção. 

No entanto, também houve quem criticasse: "Desculpa, mas isso é estranho. Se a mãe não consegue amamentar usa um biberão"

A publicação já foi partilhada mais 30 mil vez numa semana e foram registadas milhares de reações.