Os visitantes do parque temático Alton Towers Resort, em Inglaterra, que, esta terça-feira, decidiram experimentar a montanha russa Smiler não ganharam para o susto. Uma avaria técnica levou a que ficassem presas durante 45 minutos numa subida.

Nas redes sociais, os visitantes do parque temático publicaram várias fotografias da montanha russa Smiler parada, onde era visível ver-se as pessoas presas numa subida vertiginosa.

A montanha russa Smiler teve um custo de 18 milhões de euros, é feita de aço inoxidável e conta com 14 circuitos. A Smiler detém o recorde mundial para o maior número de loopings numa montanha russa.

A sua inauguração, em 2013, foi assombrada por problemas técnicos. Em 2015, uma carruagem com pessoas colidiu com outra carruagem de teste causando vários feridos.

O porta voz da Alton Towers disse que a paragem se deveu a uma falha técnica e que a montanha russa fez aquilo que deveria de fazer e parou.

“O Smiler experimentou uma paralisação temporária como resultado de um sensor que deteta um problema técnico menor. Em nenhum momento, a segurança foi colocada em causa.”  

Eugene Prokudin tirou vários vídeos da falha técnica, no parque temático Alton Towers.