Um assalto à mão armada a uma loja de ouro de Mirandela resultou esta sexta-feira numa perseguição policial ao suspeito que acabou detido depois de se barricar numa casa de banho com a pistola que afinal era uma imitação.

A PSP recebeu um alerta telefónico depois das 14:00 que dava conta de que «um indivíduo acabara de praticar um assalto a uma loja de venda de ouro, na rua de Santa Luzia, com o auxílio de uma alegada arma de fogo», segundo divulgou aquela força de segurança.

Movida perseguição, com a ajuda de populares que foram indicando as características do suspeito, veio este a ser intercetado noutra rua da cidade transmontana, «barricado numa casa de banho anexa a uma residência».

De acordo com o relato feito pela PSP, em comunicado, os agentes no local tiveram que «arrombar a porta, com a autorização do proprietário» do edifício e procederam à detenção do suspeito, recuperando um computador, dois telemóveis e 20 euros em dinheiro, que teria roubado momentos antes.

Relativamente à arma de fogo, a PSP veio a apurar que «se tratava de uma arma de imitação» que foi apreendida, assim como um capuz «passa-montanhas».

O suspeito tem 24 anos, é natural de Mirandela e reside no concelho vizinho de Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança.

Segundo a PSP, o suspeito foi presente em Tribunal e aguarda a aplicação das medidas de coação, como noticia a Lusa.