Chamam-se Giuliano e Claudiu Stroe, têm nove e sete anos. Os dois irmãos romenos levantam pesos literalmente desde que andavam de fraldas, ou não tivesse o mais velho entrado logo para o livro do Guinness aos quatro anos.

O irmão seguiu-lhe as pisadas e, como filho de peixe sabe nadar, os dois tornaram-se fotocópias do pai, um «body builder» (que trabalha para um corpo escultural), de 35 anos.

Com idade para ver desenhos animados de heróis musculados, estes dois irmãos são as versões reais do «Hércules». (Se quiserem criar uma versão dos super-heróis em criança, podem inspirar-se em Giuliano e Claudiu).

Na verdade, o pai, almeja público para os filhos e já pondera mudar-se para o Reino Unido para que se tornem mais famosos. Já viveram em Itália, em Florença, durante uns tempos, mas a falta de dinheiro fê-los voltar à Roménia, onde o pai, para além da sua paixão (que não alimenta bocas) se dedica ao comércio de sucata para sustentar a família.

Os irmãos treinam duas horas por dia, exercícios intensivos de levantamento de pesos e flexões que impressionam qualquer adulto. O pai, orgulhoso, exibe os vídeos nas redes sociais, mas há também o reverso da medalha: recebe muitas críticas pelo esforço a que sujeita as crianças, como conta o «Metro» e o «Daily News».

Aqui fica um vídeo publicado no Youttube de um dos meninos depois de ganhar a medalha do livro dos recordes e com apenas quatro anos.