Dois búfalos de água escaparam, esta terça-feira, do local de gravações de uma campanha publicitária e decidiram passear-se pelas ruas de Camperdown e Newtown, em Sydney, na Austrália.

O responsável de uma equipa de serviços de emergência, Ian Krimmer, explicou que a sua equipa estava a regressar ao posto quando avistaram os dois animais por acaso.

«Fomos confrontados com dois búfalos de água perdidos pela rua» disse ele. «Eles seguiram-nos na carrinha, pararam, desceram umas escadas que utilizaram para encurralar os animais», acrescentou.

Uma das residentes, Susannah Condie, afirmou que o episódio poderia ter sido mais dramático caso os animais se tivessem dirigido para a Universidade de Sydney.

«Se eles fossem para a universidade poderia ter sido um desastre» disse à estação AAP. «Fiquei surpreendida com o trabalho corajoso dos responsáveis. Obviamente, os búfalos poderiam ter magoado alguém, eles pareciam muito fortes», concluiu a mulher.

Uma estudante, Talitha Salier, afirmou ainda à estação de rádio Fairfax Media que «havia polícias e bombeiros por todo o lado. Até o dono dos animais colocava barreiras em todo o lado, foi de loucos».

A aventura dos dois búfalos durou uma hora e terminou nas imediações da Universidade de Sydney, com as autoridades a conseguirem controlar os animais.