Uma mulher foi detida na cidade de Sakai, no Japão, depois de ligar para o número de emergência da polícia mais de 15 mil vezes em seis meses, informou esta sexta-feira a rede de televisão «TBS».

A detida, uma desempregada de 44 anos, utilizava o seu telemóvel pessoal para ligar para a polícia da cidade de Osaka e chegou a fazer 900 ligações em apenas um dia.

Nas chamadas, que começaram a ser feitas em maio, a mulher acusava vizinhos e conhecidos seus de crimes pouco concretos e, muitas outras vezes, simplesmente desligava sem dizer nada.

A mulher, que recebeu vários avisos e visitas da polícia antes de ser detida na quarta-feira passada, é acusada de impedir o trabalho das forças de segurança, pelo que poderá ser condenada até três anos de prisão.