Um casamento coletivo de cães-polícia promovido pelos agentes policiais do Sri Lanka provocou a polémica no país por ter sido acusado de desrespeitar uma celebração de grande importância para a população.

A intenção dos polícias era fazer um evento divertido e que promovesse a reprodução de cães-polícia, animais de grande importância no dia-a-dia dos oficiais.

Contudo, as autoridades não aprovaram o acontecimento. O ministro da Cultura, Ekanayake, referiu, segundo a BBC, que o casamento de cães desrespeitou um evento a que é dado grande valor religioso no Sri Lanka.

Os agentes foram obrigados a publicar uma nota oficial com um pedido de desculpas. O incidente será investigado pelas autoridades.

Foram nove os casais de cães que participaram, vestidos a rigor, no casamento. Os cães usaram gravatas e as cadelas chapéus na cabeça.

Um canal televisivo local publicou no Youtube imagens da celebração.