Os agricultores do Burundi aplicaram um novo método no tratamento dos seus animais: recitam poesia para as vacas. Esta inovação pretende melhorar a produção de leite dos animais na cidade de Maramvya, segundo os produtores.

Burundi está agora a reconstruir-se em torno do seu gado após uma guerra colonial que acabou com a população bovina no país, escreve o Globo.

De acordo com os agricultores, quando recitam poemas as vacas ficam mais «tranquilas» e «relaxadas», o que pode melhorar a qualidade do alimento e mesmo um fortalecimento dos laços sociais.