Dino e Dario Ferrari lançaram a cana à água, mas nunca imaginaram que iriam «estar à luta», durante cerca de 40 minutos, com um siluro de 2,74 metros de comprimento.

«É um silurus glanis (nome da espécie em latim). Eles não costumam crescer tanto, no máximo poderiam pesar 50 quilos», afirma Dino Ferrari que estima que o animal tenha cerca de 30 anos.

Este peixe de água doce é nativo da Europa Ocidental e da Ásia, alimenta-se de outros peixes, vermes, crustáceos, sapos e aves aquáticas e pode viver até aos 50 anos.

O exemplar apanhado pelos irmãos foi pesado e de seguida novamente lançado ao rio.

«Quem sabe talvez consigamos caçá-lo novamente daqui a um ano e será ainda mais gigantesco», refere Dario Ferrari.